O dia começou com uma breve cerimónia em que apenas participaram os sobreviventes do Holocausto. Mais tarde, outras pessoas juntaram-se ao evento, que contou com a presença de oficiais do exército e chefes de estado. 

Várias velas e flores foram colocadas nos locais onde milhares de pessoas foram fuziladas e debaixo das janelas das camaratas dos prisioneiros.