"Tenham paciência", foi o pedido da Comissão Europeia, através da sua porta-voz, aos jornalistas que inquiriam esta terça-feira sobre a decisão das sanções a aplicar a Portugal e Espanha por causa dos desvios orçamentais entre 2013 e 2015.