O colectivo de juízes agendou para o dia 24 de Maio, o inicio das alegações finais do julgamento do processo principal do caso Banco Português de Negócios (BPN), avançou à Lusa fonte judicial, estando reservados os dois primeiros dias para as alegações do Ministério Público, refere a edição online do Correio da Manhã.