Ainda ninguém percebeu se é uma decisão a quente que um dia será revertida, mas Lionel Messi deixou o mundo do futebol boquiaberto.