Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

“Bowie70″ – título que alude aos 70 anos que Davie Bowie faria este ano – reúne canções do músico britânico que David Fonseca revisitou com arranjos novos e a tocar todos os instrumentos, deixando a interpretação vocal para mais de uma dezena de convidados.

Entre eles estão Rui Reininho, Camané, Aurea, António Zambujo, Márcia e Rita Redshoes.

À agência Lusa, David Fonseca contou que escolheu as canções de Bowie que conhecia de memória, como “Absolute beginners”, “Space Oddity”, “This is not America” e “Starman”.

“Faço versões há tantos anos que acho que já perdi o filtro e não me importo nada se gostam ou não. Acho que não se deve comparar com o original, porque são coisas diferentes. Idealizei as músicas a pensar em vozes extraordinárias independentemente dos géneros”, disse.

David Bowie morreu em janeiro de 2016, dias depois de ter feito 69 anos e de ter lançado o álbum “Blackstar”. É desse registo que David Fonseca escolhe o tema “Lazarus”, que interpreta no fecho de “Bowie70″.