Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

No triunfo do Barcelona sobre o Valência, por 4-2, em jogo da 28.ª jornada da liga espanhola, o astro argentino marcou por duas vezes, recuperando assim o lugar que Bas Dost lhe tinha ‘roubado’, após seis golos apontados nos dois últimos desafios, na luta pelo troféu atribuído ao melhor marcador dos campeonatos europeus.

Bas Dost, esta semana novamente convocado para a seleção holandesa, marcou os dois golos com que o Sporting venceu sábado o Nacional (2-0), em jogo da 26.ª jornada da I Liga de futebol, disputado no Estádio José Alvalade.

O avançado, de 27 anos, que no Sporting está para já a realizar a segunda época mais concretizadora da sua carreira — em 2011/12 marcou 37 golos no Heereenven -, tem na corrida à Bota de Ouro menos um golo do que Lionel Messi e mais um do que Pierre Aubameyang.

O gabonês marcou na sexta-feira na vitória do Borussia Dortmund, frente ao Ingolstadt (1-0) e passou a somar 23 golos.

O holandês é a contratação mais cara do Sporting, pelo valor de dez milhões de euros, e chegou no início da época com a ‘missão’ de substituir na frente de ataque o internacional argelino Islam Slimani, contratado pelos ingleses do Leicester.

Na última época a vitória na Bota de Ouro foi para o uruguaio Luis Suárez (FC Barcelona), com 40 golos, e na anterior para o português Cristiano Ronaldo (Real Madrid), com 48.

O avançado internacional português já venceu o troféu por quatro ocasiões (2015, 2014, 2011 e 2008).

O último jogador a alinhar na Liga portuguesa que venceu o troféu foi Mário Jardel, primeiro ao serviço do FC Porto, em 1999 (36 golos), e depois com as cores do Sporting, em 2002 (42 golos).