Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Depois de ter perdido a primeira mão por 5-3, o Mónaco precisou de menos de meia hora para se colocar em vantagem na eliminatória, com golos de Kylian Mbappé (08 minutos), após assistência de Bernardo Silva, e do brasileiro Fabinho (29), que chegou a estar ligado contratualmente ao Rio Ave.

Sem qualquer remate à baliza na primeira parte, o City melhorou no segundo tempo e chegou ao golo, aos 71 minutos, pelo alemão Leroy Sané, dando vantagem aos ‘citizens’ na eliminatória

O francês Tiemoué Bakayoko voltou a colocar o Mónaco em vantagem, aos 77 minutos, quatro minutos antes de João Moutinho, dando o primeiro apuramento para os ‘quartos’ aos monegascos desde 2014/15.