Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

O médio do Bayern Munich, Xabi Alonso, anunciou na madrugada desta quinta-feira que vai 'pendurar as botas' no final da época.

O espanhol conquistou tudo o que era possível conquistar para um jogador que atua na Europa. Ao serviço da seleção de Espanha venceu a o Campeonato da Europa de Futebol, por duas ocasiões, e um Campeonato do Mundo.

Pelos clubes por onde passou (Real Sociedad, Liverpool, Real Madrid e Bayern Munich) conquistou duas Ligas dos Campeões (uma pelos merengues e outra pelos reds) e uma Supertaça Europeia, e a nível interno dois títulos da Bundesliga, uma La Liga, uma supertaça inglesa, outra alemã e outra espanhola e ainda as taças nacionais por todos os países por onde passou.

O anúncio começou por ser feito através da sua conta oficial na rede social Twitter.

"Vivi-o. Amei-o. Adeus jogo bonito", escreveu o médio no tweet acompanhado por uma foto a preto e branco, onde Xabi caminha a dizer adeus e com um par de chuteiras na mão.

Ao canal do clube bávaro,  o último do seu currículo, o médio explicou os porquês do abandono.

"Não foi uma decisão fácil, mas penso que é o momento certo", disse, sublinha que sempre "quis parar cedo de mais do que tarde de mais".

O diretor desportivo do Bayern Munich, Karl Heinz Rummenigge, comentou o fim de carreira de Xabi agradecendo o médio em nome do clube. "Xabi Alonso é um dos melhores no mundo do futebol. Ele ganhou tudo o que havia para ganhar durante a sua carreira", sublinhou.

Aos 35 anos este é o adeus de um dos jogadores mais marcantes do século.