Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

No Estádio Santiago Bernabéu, o defesa Sergio Ramos marcou o golo do triunfo ‘merengue’, aos 81 minutos, numa altura em que o Bétis já atuava com menos uma unidade, por expulsão do italiano Piccini, aos 78.

A formação de Sevilha até chegou a estar em vantagem graças a um lance infeliz do guarda-redes Navas, que fez autogolo aos 25 minutos, mas ainda antes do intervalo, aos 41, Cristiano Ronaldo refez a igualdade. O avançado, que foi o único português em campo, chegou aos 19 golos no campeonato.

O Real Madrid saltou para o primeiro lugar com dois pontos de vantagem, e menos um jogo disputado, do que o FC Barcelona, que saiu derrotado do terreno do Deportivo, por 2-1.

Dias depois da épica reviravolta na Liga dos Campeões frente ao Paris Saint-Germain, os catalães deixaram-se surpreender pelos galegos, que lutam pela manutenção, e sofreram o primeiro desaire no campeonato desde outubro do ano passado, pondo fim a uma série de 19 jogos sem perder.

No Riazor, com Bruno Gama no ‘onze’ e Luisinho no banco de suplentes, o Deportivo chegou à vantagem por Joselu, aos 40 minutos, mas o FC Barcelona refez a igualdade no arranque da segunda parte, através do uruguaio Suarez, aos 46.

Aos 74 minutos, Bergantinos voltou a colocar o Deportivo na frente, um golo que acabou por garantir a primeira vitória da equipa da Corunha em casa sobre os catalães desde abril de 2008.

Por seu lado, a equipa de Luis Enrique vinha de cinco vitórias consecutivas no Riazor.

Este triunfo fez o Deportivo subir ao 15.º posto, tendo ficado oito pontos acima da zona de despromoção.

No primeiro encontro do dia, o Ahtletic de Bilbau voltou a triunfar no terreno da Real Sociedad, por 2-0, regressando seis meses às vitórias fora de casa.

Desde a temporada 2011/12 que o conjunto de Bilbau não vencia o clássico basco em San Sebastian, numa partida decidida pelos golos de Raúl García, aos 28 minutos, na marcação de uma grande penalidade, e de Iñaki Williams, aos 56.

Além de interromper uma série de quatro jogos sem vencer na casa do rival, o Athletic conseguiu voltar a vencer fora de casa para o campeonato, algo que não conseguia desde 21 de setembro, quando venceu em casa do Granada (2-1), na quinta jornada.

Com este triunfo, o Athletic manteve-se na luta pelo apuramento para a Liga Europa, no sétimo lugar, com 44 pontos, menos quatro do que a Real Sociedad, que é quinta e deixou-se apanhar pelo Villarreal.

O ‘submarino amarelo’ foi a Vigo vencer por 1-0 com um golo de Roberto Soldado, aos 45 minutos.