Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.

A 8 de março, o Panathinaikos anunciou que Zeca tinha concluído o processo de naturalização para se tornar cidadão grego e poder representar a seleção helénica, tendo agora sido chamado pelo selecionador Michael Skibbe.

“O treinador chamou pela primeira vez Thanasis Androutsos, Georgios Manthatis e Zeca, que, atualmente, ainda não completou os procedimentos burocráticos para poder participar em jogos da seleção nacional masculina (passaporte). Consequentemente, a participação do jogador está dependente da atempada conclusão deste processo”, lê-se no sítio da federação grega.

Zeca joga no Panathinaikos desde 2011/12, depois de ter cumprido uma temporada na I Liga portuguesa, ao serviço do Vitória de Setúbal, que o recrutou ao Casa Pia, clube no qual se formou.

O agora grego representou a seleção de sub-23 de Portugal durante o International Challenge Trophy, a 23 de março de 2011, numa vitória por 3-2 frente à Itália, nas meias-finais da competição que a equipa das 'quinas' viria a vencer.

A Grécia defronta a Bélgica, em Bruxelas, a 25 de março, em jogo do grupo H de qualificação para o Mundial2018.