O pagamento foi entregue num encontro mantido esta quinta-feira pelo chefe da Delegação da União Europeia em Díli, Alexandre Leitão, e pelo ministro das Finanças e do Plano, Rui Gomes, a primeira reunião entre ambos desde a tomada de posse do Governo.

"Este primeiro pagamento, no âmbito do apoio orçamental negociado com o anterior Governo, constitui também um sinal de confiança na capacidade do novo executivo para prosseguir um rumo de desenvolvimento sustentável e melhorar os serviços públicos em Timor-Leste", referiu o diploma europeu, citado no comunicado.

A reunião permitiu ainda passar em revista "a cooperação entre a União Europeia e a República Democrática de Timor-Leste, em particular no domínio da boa governação e da gestão e supervisão das finanças públicas".

O apoio da União Europeia a Timor-Leste, que se mantém ininterruptamente desde 1999 prevê, nos próximos cinco anos, assistência na área da gestão e supervisão das finanças públicas num valor total de cerca de 35 milhões de dólares.

ASP // VM

Lusa/Fim