• Portugueses que roubam turistas
    Portugueses que roubam turistas
    Diz-me em quantas línguas vem o menu do teu restaurante, dir-te-ei quão charlatão és. Uma publicação de MC Somsen no Facebook tornou-se viral por denunciar os preços praticados por um restaurante, sito na baixa lisboeta, que hoje se chama Made In Cor
  • Peregrinação para Vilamoura
    Peregrinação para Vilamoura
    Chegou aquela altura por que tantos portugueses rezam todo o resto do ano. A fé une os crentes que comungam a excitação de migrar para sul, ao encontro da luz, ao encontro da areia, da pele à mostra e a esperança de safar.
  • A selfie perturbadora
    A selfie perturbadora
    O fotógrafo britânico David Slater treinou um simpático macaco para fazer um retrato de si próprio. O que poderia ser mais uma bela imagem do mundo animal transformou-se num problema que reflete as incongruências do mundo em que vivemos.
  • Sem moderação
    Sem moderação
    Certo amigo que escrevia crónicas quinzenais revelou-me a sua angústia. Havia um nervoso (em nada miudinho) que o atacava na semana anterior à entrega dos artigos de opinião. Encontrar um tema que o determinasse a escrever era motivo de insónias e fa
  • A comédia negra
    A comédia negra
    Como se regressasse de outro mundo, começo a observar, analisar, ler com maior atenção tudo aquilo que, no último mês, me passou ao lado. Costuma dizer-se que quando nos afastamos do nosso pequeno mundo, conseguimos ganhar vistas mais largas e relati
  • Ubu em Varsóvia
    Ubu em Varsóvia
    O Rei Ubu é uma personagem monstruosa, corrupta, cobarde e cruel, para quem toda a manipulação dos factos é legítima. Assassina o rei para usurpar o trono. Na estreia, em dezembro de 1896, no Théatre du Louvre, em Paris, desta peça que antecipou o Te
  • O palco da Comunicação Social
    O palco da Comunicação Social
    Na semana passada o venerável cirurgião Francisco Gentil Martins deu uma longa "entrevista de vida" à revista do Expresso. Algumas das suas declarações provocaram uma onda de perplexidade e indignação, na Comunicação Social e na Internet (redes, blog
  • Moca a França em bicicleta
    Moca a França em bicicleta
    Chris Froome venceu, este domingo, a Volta a França, pela quarta vez na carreira, e está a uma vitória de igualar os feitos de Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Induraín, que venceram cinco edições do Tour. Espetáculo, mas tenho
  • Sete prazeres do Verão entre calor e livros
    Sete prazeres do Verão entre calor e livros
    Não é que não haja muita coisa importante para discutir — na verdade, podia começar para aqui a falar da liberdade de expressão, do populismo à portuguesa, dos fogos que deixaram o coração real e político do nosso país a arder...
  • A triagem para arrendar casa
    A triagem para arrendar casa
    Para bem dos lisboetas e portuenses, essencialmente, as rendas continuam a aumentar a um ritmo de 50 euros por cada vez que o Despacito é tocado nalguma parte do planeta. Ah, para bem dos lisboetas e portuenses que têm casa para arrendar, claro, esqu
  • Um olho nos burros, outro na cigana
    Um olho nos burros, outro na cigana
    Já vi tantas vezes o filme “A Desaparecida” do John Ford, e sei-o tão ao pormenor, que tenho de conter-me para não estar constantemente a citá-lo, ou usá-lo em analogias, ou torná-lo introdução para os assuntos em que reflicto. Como podem perceber, a
  • Viagem pelo Erdoganistão
    Viagem pelo Erdoganistão
    Livros como Istambul ou o Museu da Inocência, do fascinante erudito Orham Pamuk, Nobel da literatura em 2006, não aparecem como primeira recomendação para visita turística à cidade turca que já foi Bizâncio e Constantinopla. Mas são um guia precioso
  • E... lá vamos nós outra vez!
    E... lá vamos nós outra vez!
    Conhecem a expressão camisa de sete varas? É assim que me sinto. Se ignorar o caso deste fim de semana vou contra tudo que penso sobre liberdades, direitos e garantias, passando também por cima daquilo que entendo por liberdade de expressão. Se alinh
  • Há poucas drogas nos festivais de verão
    Há poucas drogas nos festivais de verão
    Estava sintonizado na SIC Notícias, na quinta-feira, quando foi transmitido um “Opinião Pública” sobre “a moda dos festivais”. É enternecedora a infantilidade com que ainda se lida com estes eventos. A moda dos festivais! Sim, a moda dos anos 60. Ou
  • Ajudem os livros de auto-ajuda a ajudar-vos
    Ajudem os livros de auto-ajuda a ajudar-vos
    Há uns anos para cá que isto já acontece. Seja qual for a altura do ano, seja qual for a livraria, seja qual for a cidade ou país, os “top 10” de vendas de livros são compostos, no mínimo em metade, por livros de auto-ajuda. Quem diz auto-ajuda, diz

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.