• Dias cada vez mais comuns
    Dias cada vez mais comuns
    Há exactamente um ano estava em Manchester. Decidira, à última hora, festejar os 52 anos com o meu filho, que estuda na Universidade local, e por lá andei, numa cidade “cool” e muito acolhedora, onde se encontra tudo o que nos fascina em Londres, mas
  • Licença para matar caducada
    Licença para matar caducada
    Proponho o seguinte exercício: fechem os olhos e imaginem que o Brad Pitt está aí à vossa frente em tronco nu. Não se apoquentem que não há um pingo de perversão nisto que sugiro, e o objectivo até é, digamos que, científico. A segunda parte desta ex
  • Vida interrompida
    Vida interrompida
    Por vezes temos um plano. Por vezes queremos, apenas, manter o plano. Por vezes acordamos e o plano deixou de fazer sentido.
  • Temos medo
    Temos medo
    Temos medo. Podemos dizer que não temos, podemos tentar racionalizar, mas é um facto que o século XXI é o século do medo. Pelo menos até agora. Pode ser que mude, porém não vejo sinais de qualquer mudança, sinto apenas a escalada do medo.
  • Lisboa é a pior cidade da Europa
    Lisboa é a pior cidade da Europa
    É o seguinte: segundo um estudo realizado por mim, a partir de um sem-número de entrevistas realizadas a vozes da minha própria cabeça, Lisboa foi considerada — sem margem para dúvidas — a pior cidade da Europa. Apesar da feroz competição de Tirana e
  • Qual é a melhor cidade de Portugal?
    Qual é a melhor cidade de Portugal?
    Já me aconteceu dizer algo como «gosto muito de ir ao Porto» — e ter logo alguém a disparar: «ah, sim, mas Lisboa é que é». Ora, note-se, dizer «gosto muito de ir ao Porto» é uma frase onde não entra Lisboa nem de raspão.
  • A culpa foi do “nesting”
    A culpa foi do “nesting”
    Há pontarias tramadas. Decidi que este era o melhor momento – talvez o único, neste ano cheio - para tirar uns dias a praticar aquilo que sempre cultivei, mas agora tem nome: “nesting”. Não é bem “fazer Nestum” – expressão feliz, do nosso calão, que
  • A realidade real não é a que conhecemos
    A realidade real não é a que conhecemos
    Vivemos tempos contraditórios. Confusos e complicados. O paradoxo está instalado e não há como escapar-lhe. São tempos de menos e mais e de apelo constante ao consumo. Da obesidade mórbida e da excessiva preocupação com a alimentação e saúde. Da libe
  • Dos grandes
    Dos grandes
    De que se faz a História de Portugal? Num país, ora à beira-mar plantado, ora à deriva (pelos vistos, nem para lugares-comuns há consenso) onde é que se faz História hoje em dia? É neste momento particular, de optimismo e celebrações, que me interess
  • Assim estamos indefesos
    Assim estamos indefesos
    Por mais que apeteça celebrar com entusiasmo o triunfo de um artista peculiar, com sensibilidade em que desejamos rever-nos, como é Salvador Sobral, é um excesso que essa alegria ocupe meia hora na abertura do telejornal.
  • 13 de Maio, sempre
    13 de Maio, sempre
    Foi o 13 de Maio mais badalado de que tenho memória. Acho que nem o original teve tanto destaque. Foi um três em um. Visita de Papa Francisco, canonização dos dois pastorinhos e o terço da Joana Vasconcelos. Os jornalistas estiveram em estado sobrena
  • Amar por todos
    Amar por todos
    É meia-noite. Acabo de trocar mensagens com a Gabriela Schaaf que a partir da Suíça me diz: "ele conquistou todos os corações!". A Gabriela foi uma das vozes que mais ouvi nos anos 80. No último festival da canção também ela foi lembrada.
  • Tetra?! Isso é tão 1998...!
    Tetra?! Isso é tão 1998...!
    As celebrações de campeonatos do Benfica são como os acidentes: a maioria dos portugueses abranda para ver. Eu não aprecio. Mas como a simpática equipa do SAPO 24 me pediu que escrevesse sobre isso não quis fazer-lhes a desfeita.
  • O campeonato da Psicologia
    O campeonato da Psicologia
    O ano passado intitulei, no Prolongamento na TVI24, que o campeonato 2015/16 tinha sido o Campeonato da Comunicação. Este ano antecipo aqui no SAPO 24 que este, para mim, é o Campeonato da Psicologia. Da força da mente.
  • Mais do mesmo
    Mais do mesmo
    E o Benfica lá conseguiu o tetra e portanto parabéns ao Benfica. O autor de D. Quixote, o genial Cervantes, afirmou que estar preparado é metade da vitória e acredito que se aplique. Por vir embalado de três campeonatos ganhos, o Benfica estava mais

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.