• O festival esgotou os passes de três dias e os bilhetes diários a três meses da abertura de portas;
  • O NOS Alive contou 125 atuações, nos palcos NOS, Heineken, NOS Clubbing, EDP Fado Café, Comédia, Coreto by Arruada e Pórtico NOS;
  • 165 mil pessoas assistiram ao vivo, entre as quais 22 mil estrangeiros, provenientes de mais de 80 países;
  • Quatro milhões de pessoas acompanharam o festival através das emissões da RTP, Rádio Comercial e Canal Oficial do NOS Alive;
  • No âmbito da iniciativa do Fundo Ambiental promovida pelo Ministério do Ambiente, o programa “Sê-lo Verde” 2017, os festivaleiros entregaram ao longo dos três dias, nos pontos de recolha, 138.510 copos usados;
  • Nesta 11.ª edição celebrou-se ainda o 10º aniversário da parceria entre o NOS Alive e o Instituto Gulbenkian da Ciência (IGC), que já resultou no financiamento a 14 jovens cientistas;
  • O NOS Alive recebeu ao longo dos três dias imprensa de todo o mundo, destes 118 internacionais e 420 nacionais;
  • Em 2018 o NOS Alive está de regresso ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 12, 13 e 14 de julho.

Recorde ainda esta edição do festival pelo olhar e lente do SAPO 24. No primeiro dia, sob Algés caiu uma estrela chamada The Weeknd. Já os Foo Fighters foram reis e maestros de uma orquestra de muitos milhares de pessoas ao segundo dia do festival. E como não há duas sem três, o último dia do NOS Alive contou com a presença dos “veteranos” Depeche Mode.