O simples ato de partilhar uma fotografia nas redes sociais, neste caso no Instagram, pode ter a capacidade de gerar paixões, ódios e consequências.


Quando ontem, Francisco Rivera partilhou no seu perfil uma fotografia com a filha Carmen, de cinco meses, enquanto toureava, estava certamente longe de imaginar o que se seguiria.


"Estreia de Carmen. É a quinta geração que toureia na nossa família. O meu avô toureou, assim como o meu pai. O meu pai toureou assim comigo e eu fiz o mesmo com as minhas filhas: primeiro Cayetana e agora com Carmen", escreveu na legenda da fotografia. Além dos comentários de indignação que deram origem à polémica, o The Guardian noticia hoje que o toureiro está a ser investigado pela proteção de menores da Andaluzia.
Para se justificar, Francisco Rivera partilhou outra imagem onde aparece na mesma situação, mas desta vez ao colo do pai. "A história repete-se. Viva a melhor herança, o sentimento, a pureza, a honra", escreveu.


Há claramente dois lados nesta história. Por um lado, os apoiantes de touradas, que enaltecem este momento de família. Por outro, os críticos da profissão e defensores dos animais que consideram o ato uma irresponsabilidade.


O ministro da saúde espanhol Alfonso Alonso também comentou o caso, em entrevista a uma rádio espanhola, onde afirmou que "não é adequado colocar em risco os menores”, acrescentando que “não se deve fazê-lo em nenhuma circunstância e é bom que o pai reflita sobre isso, que não volte a por a filha em risco”. No entanto, o membro do governo resalvou que Rivera "é uma pessoa com uma perícia e um conhecimento da matéria incríveis e por isso considero que não se correram grandes riscos. Não é como se tivesse sido qualquer um de nós a fazê-lo”.


Francisco Rivera acabou por usar também o Twitter para comentar a polémica que se instalou: "Como está Espanha… Pensar que coloquei a minha filha em perigo é uma barbaridade. Nunca estará mais segura do que no meu colo", acrescentando ainda que “a quantidade de insultos e de pessoas a desejarem a minha morte é impressionante. Que tipo de pessoa deseja a morte de outra? Oxalá as minhas filhas amanhã sintam por mim metade do orgulho que eu sinto pelo meu pai!”.


Para mostrar a sua solidariedade para com Rivera, vários colegas de profissão têm vindo a partilhar nas redes sociais fotografias suas com momentos em família semelhantes aquele apresentado pelo toureiro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.