O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, compareceu de forma inédita numa zona de entrevistas rápidas, dedicadas às declarações dos jogadores e treinadores.

Pela primeira vez, um Chefe de Estado surgiu numa "flash interview", de sorriso rasgado e com uma leitura pragmática do empate entre Hungria e Portugal (3-3), que carimbou o apuramento para os oitavos-de-final do Euro 2016.

"Sofremos, mas foi bom e passámos frente a uma equipa que jogou pelo resultado, naquele que foi um dos jogos mais emocionantes e com muitos golos no Europeu. Depois, dei um grande abraço a Fernando Santos. Está feito. Os jogadores mostraram muito genica quando o resultado esteve 1-0, 2-1 e 3-2. Tivemos 25 minutos excecionais e os jogadores conseguiram dar três a voltar ao resultado", afirmou Marcelo, à RTP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.