De acordo com a mesma fonte, foi solicitada “uma aterragem de emergência no aeroporto [Francisco Sá carneiro] para assistência médica a um membro da tripulação”.

“A aterragem foi feita em segurança e a aeronave ficou imobilizada na pista até que a assistência fosse realizada, levando ao fecho da pista durante 33 minutos”, acrescentou a fonte da ANA.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto disse à Lusa que o alerta foi dado às 10:20 e que em causa esteve “uma indisposição do piloto, que foi assistido pelo INEM”.

Fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) adiantou à Lusa que a equipa que esteve no aeroporto assistiu às 10:41 “o “comandante de uma aeronave”, de 40 anos, e que o “doente foi transportado ao Hospital Pedro Hispano (Matosinhos) por precaução”, mas que não apresentava “sinais de gravidade”.

“Recebemos um pedido para prestar assistência a um masculino, de 40 anos, que teria desmaiado. Após avaliação, o doente foi transportado para o Pedro Hispano apenas por precaução”, disse a mesma fonte do INEM.

Esta aterragem de emergência obrigou a encerrar a pista do aeroporto Sá Carneiro entre as 10:27 e as 11:00.

A “situação de emergência já foi ultrapassada e as operações já decorrem com normalidade”, concluiu a fonte da ANA à Lusa, pelas 11:15.

A aeronave em causa é um Boeing 737.

(Notícia atualizada às 12:10)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.