Uma bola de fogo vista em muitas partes do norte do Reino Unido foi confirmada como um meteoro. Mas primeiro houve um dia de confusão sobre a sua identidade, conta o The Guardian.

O fenómeno foi visível no norte de Inglaterra, Irlanda do Norte e Escócia, em zonas com céu limpo, pouco depois das 22h00 de quarta-feira.

Agora identificado como um meteoro, a bola de fogo foi referida inicialmente como sendo lixo espacial que poderia ter vindo do programa de satélites Starlink de Elon Musk.

O motivo? A bola de fogo viajava mais lentamente do que um meteoro típico. Mas, depois de recolhidos mais dados, essa teoria foi deitada por terra.

"Analisámo-lo a partir de muitos mais ângulos. É definitivamente um meteoro. Provavelmente é um pequeno pedaço de um asteróide que se partiu", explicou John Maclean, um dos astrónomos que estudou o caso.

"Pensamos que provavelmente caiu entre 50 a 100 km ao largo de Islay. Vai estar agora no fundo do oceano", acrescentou.

Antes de cair no Atlântico, o meteoro viajou pelo País de Gales, Mar da Irlanda e Belfast.

"A maioria das pessoas que viram a bola de fogo provavelmente teve uma experiência rara. A velocidade desta e a forma como se partiu foi um pouco estranha", rematou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.