Os bombeiros estimaram hoje que entre 30 e 50 pessoas estão desaparecidas já que pelo menos 15 carros e seis camiões foram arrastados pela lama na rodovia BR-376, porém frisaram não ser possível confirmar o número exato de vítimas devido à dificuldade de saber quantas pessoas estavam no interior de cada veículo.

Segundo informações divulgadas no primeiro boletim do gabinete de crise instituído pelo governo regional do Paraná para acompanhar o acidente, na tarde de terça-feira, seis pessoas foram resgatadas com vida e duas mortas.

Um boletim divulgado hoje pela Defesa Civil do Paraná sobre as ocorrências provocadas pelas chuvas intensas que ainda caem e já causaram inundações, enxurradas e também o acidente na rodovia BR-376 apontou que, até ao começo da manhã, 1.201 pessoas foram atingidas diretamente pelas tempestades.

Deste total, 581 estão desalojadas e 32 desabrigadas. Pelo menos 223 casas foram danificadas. Além das vítimas já resgatadas do deslizamento de terras não há registos de outros mortos, feridos ou desaparecidos no Paraná, estado localizado no sul do Brasil.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.