Segundo as mesmas fontes, a lista de Rui Rio foi eleita com 476 votos favoráveis, 190 brancos e 69 nulos. Registaram-se 735 votantes.

Há dois anos, a Comissão Política Nacional de Pedro Passos Coelho tinha tido 79,8% dos votos, o pior resultado da sua direção para este órgão. Em 2014, a comissão política do antecessor de Rui Rio tinha alcançado 85% dos votos, em 2012 tinha sido eleita com 88% e, em 2010, com 87,2%.

A Comissão Política do PSD eleita no 37.º Congresso Nacional integra como vice-presidentes David Justino, Elina Fraga, Isabel Meireles, Manuel Castro Almeida, Nuno Morais Sarmento e Salvador Malheiro.

Feliciano Barreiras Duarte é o novo secretário-geral dos sociais-democratas, completando assim a equipa da Comissão Permanente, órgão de direção mais restrito do PSD.

Os vogais da direção nacional são André Coelho Lima, António Carvalho Martins, António Topa, António Maló de Abreu, Cláudia André, João Cunha e Silva, Manuel Pinto Teixeira, Maria da Graça Carvalho, Ofélia Ramos e Rui Rocha.

Para a Mesa do Congresso concorria uma única lista encabeçada por Paulo Mota Pinto, que foi eleita com 548 votos favoráveis, 45 brancos e 141 nulos. Registaram-se 734 votantes.

A Mesa do Congresso integra ainda António Almeida Henriques, Lina Lopes, Joaquim Ponte, João Montenegro, Isabel Cruz e Nelson Fernandes.

A Mesa do Congresso foi eleita com 74,6% dos votos, quase menos 12 pontos percentuais do que o resultado alcançado há dois anos pela lista a este órgão apresentada por Pedro Passos Coelho.

Catarina Rocha Ferreira foi eleita presidente da Comissão Nacional de Auditoria Financeira com 576 votos favoráveis, 128 votos brancos e 31 nulos, num total de 735 votantes (78,36% dos votos).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.