O partido informou, em comunicado, que o deputado André Ventura escreveu ao primeiro-ministro, António Costa, e justificou o pedido com a “chegada de centenas de espanhóis” a Portugal, dado que Espanha é um dos países com “pior situação de contágio e disseminação do coronavírus”.

Para André Ventura, é “imprescindível controlar as fronteiras terrestres e aéreas”, sobretudo com Espanha, “bem como ponderar a aplicação de medidas de restrição de circulação em todo o território nacional, mesmo que para isso seja necessária a declaração de estado de emergência, previsto e regulado no artigo n.º 19 da Constituição Portuguesa”.

“O que não fizermos agora, vamos lamentar no futuro. Estamos a aproximar-nos a grande velocidade da situação espanhola e italiana”, argumentou o deputado do Chega, num comunicado divulgado no dia em que se soube que está agendada uma reunião, por teleconferência, entre os chefes do Governo de Portugal e Espanha, no domingo, véspera de um encontro, também à distância, de ministros da Administração Interna e da Saúde da União Europeia para “definir medidas de controlo sanitário nas fronteiras internas e externas”.

A doença Covid-19, provocada pelo novo coronavírus, foi classificada como pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS) na quarta-feira.

Em todo o mundo já foram infetadas mais de 143.000 pessoas e morreram mais de 5.500.

Em Portugal, o Governo decretou na quinta-feira o estado de alerta, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

Foram igualmente suspensas, a partir de segunda-feira, as atividades letivas e restringido o funcionamento de discotecas e similares e suspensas as visitas a lares em todo o território nacional.

O Governo decidiu igualmente proibir o desembarque de passageiros de navios de cruzeiro, exceto dos residentes em Portugal, e limitar a frequência nos centros comerciais e supermercados para assegurar possibilidade de manter distância de segurança entre as pessoas.

Já tinham sido tomadas outras medidas em Portugal para conter a pandemia, como a suspensão das ligações aéreas com a Itália.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.