Os dados oficiais de vários países compilados pela AFP indicam que dos 8.000.202 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 confirmados, cerca de 2.417.902 foram registados na Europa, que contabiliza 188.085 óbitos.

Os Estados Unidos da América (EUA) são o país mais afetado pela pandemia, com 2.110.182 infeções confirmadas e 116.081 mortes.

A agência de notícias francesa sublinha que foram contabilizadas mais de um milhões de novas infeções nos últimos oito dias.

Contudo, este total poderá representar apenas uma fração do número real de infeções no mundo, uma vez que há um grande número de países que apenas está a fazer testes à presença do novo coronavírus em casos graves ou porque possuem capacidades limitares de rastreamento da covid-19, alerta a AFP.

A América Latina e as Caraíbas já registaram 80.505 mortes associadas ao novo coronavírus, mais de metade das quais ocorreram no Brasil (43.959), o segundo país mais prejudicado pela pandemia depois dos Estados Unidos.

O número total de infeções na América Latina e Caraíbas é de 1.681.378, das quais mais de 888 mil foram contabilizadas em território brasileiro, que tem mais de 212 milhões de habitantes.

Já o México, que tem 120 milhões de habitantes, é o segundo país com o maior número de óbitos nesta região, contabilizado 17.141 mortes em 146.837 casos de infeção, seguido pelo Peru

O Peru regista mais casos do que o México (229.736), mas o número de mortes é de 6.688.

A pandemia espalhou-se por 196 países e territórios.

Em Portugal, morreram 1.520 pessoas das 37.036 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

(Notícia atualizada às 00:26, de terça-feira, 16 de junho)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.