Moira Boxall, escocesa, não trouxe apenas boas memórias da sua viagem à Austrália. Com ela veio também uma píton. A descoberta aconteceu no momento em que a mulher desfazia as malas, no regresso da sua viagem de férias a Queensland, um dos seis estados australianos.

Descreve o britânico The Guardian, que o pequeno animal, "muito vivo", terá mesmo perdido pele durante a viagem. O réptil, uma píton manchada não-venenosa, uma espécie muitas vezes tida como animal de estimação, viajou de Mackay para Glasgow — algo como 9.300 milhas, cerca de 15.000km. A informação foi confirmada pela Australian Broadcasting Corporation (ABC), que disponibilizou imagens do animal.

Paul Airlie, genro de Boxall, disse à rede de notícias ABC que, quando Boxall abriu a bolsa e viu o animal, achou que era um brinquedo colocado ali como uma partida.

O animal está agora em quarentena na Escócia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.