Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda, as detenções foram efetuadas no domingo, por militares do Posto Territorial da Mêda, após o proprietário do terreno ter dado o alerta para o furto das castanhas.

A GNR explica em comunicado enviado à agência Lusa que o proprietário informou que quando chegou à sua propriedade “percebeu que estaria a ser alvo de furto, naquele preciso momento, por diversas pessoas que desconhecia”.

“Os militares deslocaram-se de imediato para o local, onde intercetaram e detiveram cinco homens e cinco mulheres, e recuperaram os produtos agrícolas furtados que se encontravam na sua posse e que tinham como fim a sua comercialização”, refere a nota.

Os detidos estão hoje a ser presentes ao Tribunal de Vila Nova de Foz Côa para aplicação de eventuais medidas de coação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.