"A tripulação do voo com destino a Viena decidiu interromper a descolagem devido a problemas no motor e desembarcar os passageiros na pista como medida de precaução", escreveu na rede social Twitter, na sexta à noite, a LaudaMotion.

Os passageiros foram levados de autocarro para o terminal e tiveram que seguir viagem através de outros voos.

Oito pessoas ficaram ligeiramente feridas, disse um porta-voz do aeroporto.

Um passageiro, Thomas Steer, declarou à Press Association que, após cerca de 15 segundos de aceleração, houve um "grande estrondo de um dos lados do avião, que parou" pouco depois das 20h00.

"Foi assustador, e a equipa gritou: 'Evacuem, evacuem!'", relatou. "O meu amigo abriu a saída de emergência e deslizou pelo escorrega. Alguns idosos caíram no chão e foram assistidos", disse, acrescentando que "ninguém ficou gravemente ferido".

Os voos para Stansted foram desviados para outros aeroportos.

O aeroporto indicou no Twitter por volta das 23h00 que a pista havia sido reaberta e que opera normalmente.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.