Marcelo Rebelo de Sousa, que viajou de Lisboa na quarta-feira, tem chegada a Maputo prevista para as 07:30 locais (05:30 em Lisboa) de hoje.

Esta é a sua terceira deslocação enquanto Presidente da República a Moçambique, onde fez a sua primeira visita de Estado, em maio de 2016, circunscrita à capital e arredores, e regressou em janeiro de 2020, para a posse de Nyusi após a sua reeleição, ocasião em que, além de Maputo, foi à Beira.

Esta visita, a convite do Presidente moçambicano, esteve inicialmente marcada para janeiro e foi adiada devido à pandemia de covid-19.

A Presidência da República realçou a “forte componente militar” do programa de quatro dias, que inclui idas a duas unidades da missão de formação militar da União Europeia (UETM), no distrito da Katembe, na parte sul da baía de Maputo, e no Chimoio, na província de Manica.

Hoje, pelas 10:45 locais, Marcelo Rebelo de Sousa é recebido com honras militares no Palácio da Presidência da República de Moçambique, onde tem um encontro a sós com Nyusi, depois alargado às respetivas comitivas.

No final, os dois chefes de Estado prestam declarações à comunicação social.

Antes do almoço, Marcelo Rebelo de Sousa depõe uma coroa de flores no Monumento aos Heróis Moçambicanos.

De tarde, visita a Escola Portuguesa de Moçambique, onde terá lugar uma sessão solene de entrega dos prémios Miguel Torga e Baltazar Rebelo de Sousa — seu pai, que no período colonial foi governador-geral de Moçambique, entre 1968 e 1970.

O dia termina com um jantar oferecido pelo Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, no Palácio da Ponta Vermelha.

Durante esta visita oficial, Marcelo Rebelo de Sousa e Filipe Nyusi irão inaugurar um empreendimento turístico do Grupo Visabeira, junto ao Índico, na Reserva Especial de Maputo.

Os dois chefes de Estado vão também inaugurar a Academia Aga Khan em Moçambique, na presença do príncipe Rahim Aga Khan, filho do líder espiritual dos ismaelitas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.