“Ele estava constantemente a pressionar a sua organização, o Partido Nacional, para melhorar as condições de vida de todos os sul-africanos e a certa altura afirmou que este país seria um dia governado por um presidente negro e de facto o seu sonho tornou-se realidade em 1994″, adiantou Bantu Holomisa em declarações ao canal público de televisão sul-africano SABC, comentando a morte de Botha.

Roelof ‘Pik’ Botha, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros da África do Sul durante o regime do ‘apartheid’, encontrava-se hospitalizado devido a uma condição cardíaca e morreu na madrugada de hoje em Pretória aos 86 anos, informou a família.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.