EUA

Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Os últimos números elevam o total de mortes para 162.304 e o de casos confirmados para 4.989.976.

O balanço realizado às 20:00 de sábado (01:00 de hoje em Lisboa) pela agência de notícias Efe apontou ainda que apesar de Nova Iorque não ser mais o estado com o maior número de infeções, ainda é a mais atingido em termos de mortes nos Estados Unidos, com 32.768, mais do que França ou Espanha.

Nova Iorque é seguida pela vizinha New Jersey com 15,849 mortos, Califórnia com 10,306, Texas com 9,056 e Massachusetts com 8,721.

Outros estados com grande número de mortes são Florida com 8.109, Illinois com 7.840, Pensilvânia com 7.310.

Em termos de infeções, a Califórnia tem 551.894, seguida da Florida com 526.577, Texas com 496.558, e Nova Iorque com 420.345.

O Presidente norte-americano estava confiante de que o número final seria entre 50 mil e 60 mil mortes, embora mais tarde tenha subido a estimativa para 110 mil óbitos, um número que também foi excedido.

Já o Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington, cujos modelos de previsão da evolução da pandemia têm servido de base para os cálculos feitos a partir da Casa Branca, indica atualmente que os Estados Unidos vão chegar às eleições presidenciais de 03 de novembro atingir os 250 mil e até 01 de dezembro os 295.000.

México

O México registou 695 mortes e 6.495 casos de infeção com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, anunciaram as autoridades de saúde mexicanas no sábado.

No total, o país registou 52.006 óbitos e 475.902 contágios confirmados desde o início da pandemia.

O México ocupa o sexto lugar no mundo em número de casos globais, depois dos Estados Unidos, Brasil, Índia, Rússia e África do Sul, e é o terceiro com mais mortes, depois dos Estados Unidos e do Brasil.

Segundo o chefe da Agência Mexicana de Promoção da Saúde, Cortés Alcalá, disse que 1.085.897 pessoas tinham sido testadas desde o início da pandemia.

O responsável acrescentou ainda que 318.638 já recuperaram da doença.

Índia

A Índia registou 861 mortes e quase 64.000 casos da covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 2.153.010 infetados desde o início da pandemia.

Segundo o Ministério da Saúde indiano o total de mortes atingiu 43.379 no país, incluindo mais de 20.000 nos últimos 30 dias.

A Índia regista ainda uma média de cerca de 50.000 novos casos diários desde meados de junho.

A Índia tem o terceiro maior número de casos do mundo, depois dos Estados Unidos e do Brasil. Tem o quinto maior número de mortes, mas a sua taxa de mortalidade de cerca de 2% é muito inferior à dos dois países mais duramente atingidos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.