A Polícia Judiciária informa em comunicado este domingo, 26 de junho, que "identificou e deteve, no Aeroporto Internacional de Lisboa, um homem de 35 anos de idade, estrangeiro, sobre o qual recaem fortes suspeitas de integrar um grupo criminoso que se dedica à introdução de consideráveis quantidades de cocaína, no continente europeu, através da via aérea".

Na mala de viagem do indivíduo detido foram "encontradas três embalagens de café, de 2,5 kg. cada, no interior das quais se encontrava um pó, com todas as caraterísticas semelhantes ao café, incluindo o respetivo odor, mas que após a realização dos competentes exames periciais, por parte do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, se revelou como cocaína".

créditos: PJ

Este método de dissimulação da cocaína "foi identificado pela primeira vez a nível mundial há cerca de três anos pela Polícia Judiciária" e "torna extremamente difícil a identificação do estupefaciente uma vez que os testes rápidos, normalmente utilizados no terreno pelas autoridades policiais, não se revelam eficazes".

O indivíduo detido foi "presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação, ficando a aguardar os ulteriores termos do processo em prisão preventiva".

A investigação prossegue.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.