Com o Boeira Porto Tónico – ‘Ready to Drink’, que a empresa de vinhos prevê que contribua para um aumento de 10% das suas vendas, a Quinta da Boeira diz pretender “mostrar ao mercado que ainda é possível surpreender no Vinho do Porto, indo ao encontro das novas apetências e expectativas dos consumidores, nomeadamente dos mais jovens”.

O projeto foi apresentado ao IVDP em julho de 2020 e a Quinta da Boeira garante ter condições - se e quando for aprovado - para lançar as primeiras garrafas no mercado, avançando em “todos os mercados nos quais opera, designadamente a Dinamarca, EUA, Canadá e China”.

“No ano de lançamento estimamos um aumento de vendas na ordem de 250 mil euros, só a nossa empresa, pelo que, se adicionarmos os outros exportadores, teremos um valor a não menosprezar para o setor”, avançou à agência Lusa fonte oficial da Boeira.

O “interesse crescente” do consumidor que se verificou nos últimos anos pelo ‘cocktail’ Porto tónico (feito com duas partes de água tónica e uma parte de Vinho do Porto Seco, adicionando-se uma rodela de limão ou laranja ou hortelã pimenta), levou a Quinta da Boeira a abordar o IVDP para estudar a possibilidade de lançar no mercado uma garrafa pronta a consumir.

“Este novo produto representa mais uma fonte de rendimento para os lavradores durienses e um reforço do posicionamento do Vinho do Porto noutros segmentos. Acreditamos que o mercado e os consumidores vão apreciar esta inovação do Vinho do Porto e o setor vai conseguir chegar a públicos mais jovens e apreciadores de novas formas de consumo”, afirma Albino Jorge, sócio da Quinta da Boeira, Arte e Cultura, Lda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.