Fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR explicou à agência Lusa que o trânsito foi restabelecido nos dois sentidos, naquele troço, por volta das 12:30.

A via “foi aberta na totalidade, mas os militares da guarda ainda se mantêm no local porque há algumas viaturas [acidentadas] que estão na berma”, para serem removidas do local, disse a fonte.

A colisão rodoviária envolvendo sete veículos ligeiros de passageiros, com oito feridos ligeiros e um grave, levou esta manhã ao corte nos dois sentidos do IC33, ao quilómetro 42.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal explicou à Lusa que o acidente aconteceu próximo da saída do IC33 para Melides e que o alerta foi dado às 08:43.

Também contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Grândola, Joaquim Duarte, precisou que o ferido grave resultante do acidente foi “um homem com cerca de 40 anos”.

As vítimas foram transportadas para o Hospital do Litoral Alentejano (HLA), situado no concelho de Santiago do Cacém, também no distrito de Setúbal, acrescentaram as fontes.

Para o local do sinistro foram mobilizados 25 operacionais, apoiados por 11 viaturas, incluindo meios dos bombeiros, GNR e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), nomeadamente a viatura médica de emergência e reanimação do HLA.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.