De acordo com o jornal britânico The Guardian, um homem de 23 anos foi acusado de violar uma turista norte-americana numa casa de banho pública em Paris, encontrando-se neste momento detido pelas autoridades francesas.

O ataque ocorreu no sábado à noite junto a uma das margens do Sena, durante a iniciativa de verão “Paris Plages”, em que a autarquia coloca bancos de areia junto ao rio para criar praias artificiais. A zona, considerada segura, fica próxima da Catedral de Notre Dame e da Câmara Municipal de Paris.

A mulher, acompanhada do namorado, dirigiu-se à casa de banho junto à ponte  Louis-Philippe. O seu parceiro, estranhando a demora, aproximou-se dos lavabos quando ouviu choros, descobrindo depois que a mulher estava a ser atacada por um homem.

Seguranças noturnos na zona chegaram para impedir o agressor de fugir e a polícia prendeu o homem, que vive nos arredores de Paris, em Asnières-sur-Seine. O alegado violador negou as agressões e frisou que a mulher consentiu em ter relações.

A turista foi prontamente encaminhada para um hospital parisiense, de onde saiu para apresentar queixa e providenciar provas do crime às autoridades, tendo já regressado aos EUA.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.