Em jogo da 30.ª jornada, os ‘gunners’ voltaram a entrar no ‘trilho’ das vitórias, após uma sequência de cinco triunfos interrompida a meio da semana com a derrota em casa por 2-0 frente ao Liverpool, adversário do Benfica nos ‘quartos’ da Liga dos Campeões.

Ainda com dois jogos em atraso, da 22.ª (fora com o Tottenham) e da 25.ª jornada (fora com o Chelsea), o Arsenal mantém-se para já na quarta posição, com mais quatro pontos do que o Manchester United, de Diogo Dalot, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo.

Hoje, em Birmingham, no Villa Park, a casa do Aston Villa, os ‘gunners’ regressaram ao que tem sido a normalidade desta época, com a equipa londrina a dar novos motivos de satisfação aos seus adeptos, estando sempre mais perto de vencer.

No jogo, em que o golo da vitória foi apontado por Bukayo Saka (30 minutos), Mikel Arteta apostou em Cédric Soares, chamado por Fernando Santos à seleção, enquanto Nuno Tavares, convocado para os sub-21 de Rui Jorge, não saiu do banco.

Os londrinos saíram em ‘grande’ do Villa Park, apesar da boa réplica, sobretudo na segunda parte, do Aston Villa, de Steven Gerrard, que segue em nono lugar no campeonato.

A 30.ª jornada está ‘partida’ ao meio, com os primeiros seis jogos a decorrerem desde sexta-feira e até domingo, enquanto os restantes quatro apenas se disputam em 19, 20 e 21 de abril, por envolverem equipas, entre as quais Chelsea, Manchester City e Liverpool, que neste fim de semana disputam os quartos de final da Taça de Inglaterra.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.