“É claro que não tivemos sorte, nem no grupo, nem no sorteio [dos ‘lay-offs’]. Mas, somos a Itália, e sabemos muito bem o que temos de fazer. Somos os campeões europeus, não nos esqueçamos disso”, disse o ex-selecionador da ‘squadra azzurra’ e atual treinador dos ingleses do Tottenham.

A Itália, atual campeã europeia, vai defrontar a Macedónia do Norte nas meias-finais do caminho C dos ‘play-offs’ de acesso ao Mundial, com o vencedor do embate a enfrentar na final a equipa que triunfar no confronto entre Portugal e a Turquia.

“Claro que não será fácil, porque as duas equipas mais fortes entre as que terminaram nos ‘play-offs’ são Itália e Portugal, mas penso que temos o que é preciso para ir ao Campeonato do Mundo. Temos de ir ao Campeonato do Mundo”, acrescentou o técnico.

A Itália, que já falhou o Mundial de 2018, recebe na quinta-feira a Macedónia do Norte, num jogo que vai decorrer em Palermo, enquanto Portugal vai defrontar, no mesmo dia, a Turquia no Estádio do Dragão, no Porto.

Os vencedores dois embates defrontam-se cinco dias depois, em 29 de março. Caso Portugal ultrapasse os turcos, o jogo decisivo vai voltar a ser disputado no Dragão.

Portugal precisa de vencer os dois encontros para chegar à fase final do Mundial2022, sendo que, se isso não acontecer, falhará a primeira grande competição no século XXI, depois de 11 presenças consecutivas, desde 2000 — a última ausência aconteceu no campeonato do mundo de 1998, disputado em França.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.