A DGS atualizou esta quinta-feira um parecer técnico que abre a porta ao regresso da lotação máxima dos estádios de futebol.

Num parecer técnico assinado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, a DGS informou que atualizou as normas a seguir na lotação e medidas a adotar em recintos desportivos em ambiente fechado e em ambiente aberto.

Nas recomendações especificas para o público, a autoridade da saúde sublinha que "a ocupação dos lugares sentados pode ser em conformidade com a capacidade total licenciada do recinto".

Relativamente aos espaços que não tenham capacidade para lugares sentados, a DGS esclarece que estes devem de ser "objeto de determinação conjunta entre a entidade licenciadora da lotação, a Autoridade de Saude territorialmente competente e as Forças de Segurança do território".

No entanto, a máscara é obrigatória assim como a apresentação de teste negativo ou comprovativo de vacinação.

"O Organizador deve garantir que todos os colaboradores e público dispõem de máscaras faciais no momento de entrada do recinto, no decorrer do evento e no momento de saída do recinto desportivo", esclarece a DGS.

Depois de as competições terem sido retomadas sem público, os recintos desportivos passaram a poder acolher um terço da capacidade em 14 de junho e metade em 26 de agosto – data da última atualização da orientação da DGS 009/2021.

Na passada sexta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) solicitou à DGS o levantamento das limitações em relação à lotação dos recintos desportivos, com efeitos já em outubro.

Um dia depois, no sábado, o presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, disse acreditar que os estádios possam estar sem limitação de lotação a partir de sexta-feira, dia 1 de outubro, depois do anúncio de uma nova fase de desconfinamento pelo Governo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.