No Stade Josy Barthel, na cidade do Luxemburgo, Raphael Guerreiro vai regressar ao lado esquerdo da defesa, no lugar que foi ocupado por Mário Rui frente à Lituânia, enquanto Danilo vai ser o médio mais recuado, relegando Rúben Neves para o banco de suplentes.

Na frente, apesar de ter marcado e de ter feito uma boa exibição no Algarve, Gonçalo Paciência perdeu o lugar para André Silva, que vai fazer assim dupla com Cristiano Ronaldo no ataque de Portugal.

O avançado de 24 anos, que tem 33 jogos e 15 golos pela seleção nacional, não veste a camisola das ‘quinas' desde março deste ano, no triunfo caseiro com a Sérvia (1-1), em que foi suplente utilizado.

Com os termómetros a assinalarem zero graus, Portugal vai jogar com Rui Patrício na baliza, atrás de uma defesa formada por Ricardo Pereira à direita, José Fonte e Ruben Dias no meio, e Guerreiro na esquerda.

No meio campo, Danilo será a unidade mais recuada e vai ter à sua frente Pizzi, Bruno Fernandes e Bernardo Silva, que vão estar no apoio a André Silva e Cristiano Ronaldo.

Daniel Podence foi o jogador excluído da lista final de 23 e vai assistir ao último encontro do Grupo B nas bancadas, com o central Domingos Duarte a ser ’promovido’ ao banco.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 locais (14:00 horas da Lisboa) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano, sendo que, vencendo, a formação das ‘quinas’ garante um lugar na fase final do Euro2020.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.