O Chelsea, com a ajuda de peso de reforços, saiu em vantagem ao intervalo, num lance fabricado entre duas contratações, o lateral esquerdo mais caro do mundo, o espanhol Cucurella (65,30 milhões e euros + 8,3 por objetivos), serviu Koulibaly, aos 19.

O central proveniente do Nápoles foi um dos melhores jogadores em campo, mas o Tottenham ainda empatou aos 68 minutos, por Hojbjerg, numa perda de bola do Chelsea, já após um lance em que os ‘blues’ se tinham ficado a queixar de falta, mas recuperaram a posse de bola.

O golo do empate do Tottenham motivou o primeiro desaguisado entre os dois bancos, com António Conte a comemorar perto dos ‘homens’ do Chelsea, a que Tuchel respondeu 10 minutos depois, numa corrida pela linha, após novo golo dos ‘blues’.

Na jogada, N’golo Kanté, que viria a sair lesionado aos 85, lançou Raheem Sterling, e o também reforço (ex-Manchester City) serviu Reece James para o 2-1, aos 77 minutos.

Não foi um jogo fácil para o árbitro Anthony Taylor e quando tudo parecia encaminhado para uma vitória do Chelsea, dois cantos seguidos, com muitos puxões de parte a parte nas marcações na área, permitiram ao Tottenham o empate ‘in extremis’.

Já com o reforço Richarlison (ex-Everton) em campo, a saltar nas costas de Kane, e também Perisic (ex-Inter de Milão), o avançado internacional inglês desviou de cabeça, aos 90+6, igualando Aguero como quarto melhor marcador na história da ‘Premier’.

A lista é liderada pelo ex-futebolista Alan Shearer, com 260 golos, seguido de Wayne Rooney, com 208, e Andy Cole, com 197, hoje Harry Kane atingiu a marca de 184, os mesmos golos do também retirado ‘Kun’ Aguero.

No final do jogo, nota para a expulsão dos dois treinadores, ‘pegados’ durante o jogo, especialmente no momento dos golos, com Tuchel a não largar a mão de Conte, pedindo-lhe que o olhasse de frente, levando à intervenção de vários elementos.

O empate acabou por beneficiar os líderes Manchester City e Arsenal, as duas únicas equipas com duas vitórias, e que já sabem que terminam a ronda isoladas, com mais dois pontos do que o grupo perseguidor.

Também hoje, o antigo campeão Nottingham Forest conseguiu a primeira vitória no seu regresso à ‘elite’ do futebol inglês, 23 anos depois de ter descido de divisão, ao bater em casa o West Ham, por 1-0.

Na segunda-feira a jornada completa-se com a receção do Liverpool, que empatou na estreia, ao Crystal Palace, à procura do primeiro triunfo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.