Em Turim, o número 10 argentino marcou, aos 77 e aos 79 minutos, para anular um primeiro golo de Myranchuk, aos 30, numa recarga a um remate de João Mário, titular e em bom plano, à semelhança de Éder.

Frente à equipa liderada por Cristiano Ronaldo, os moscovitas deram boa réplica defensiva e, depois de marcarem, foram defendendo como puderam a vantagem, perante poucas ideias no ataque da ‘Juve’.

Aos 77, o colombiano Cuadrado encontrou Dybala à entrada da área e o argentino fez um grande golo, com um remate em arco colocado, antes de ‘bisar’ na recarga a um remate do brasileiro ex-FC Porto Alex Sandro.

Os italianos lideram o grupo D, com sete pontos, os mesmos do Atlético de Madrid, que hoje venceu por 1-0 em casa o Bayer Leverkusen, com um golo de Morata, com os russos a terem três e os alemães ainda sem pontos.

À mesma hora, o Manchester City começou a perder mas acabou a golear sem problemas a Atalanta, no grupo do Shakhtar de Luís Castro, que antes tinha empatado a duas bolas na receção ao Dínamo de Zagreb.

O ucraniano Malinovsky abriu o marcador para os italianos de penálti, aos 28, mas um ‘bis’ do argentino Aguero, aos 34 e 38, este também de grande penalidade, deram a volta ainda antes do intervalo.

No segundo tempo, quem ‘brilhou’ foi Sterling com um ‘hat-trick’ aos 58, 64 e 69, antes da entrada de João Cancelo, aos 71, e da expulsão de Foden, aos 83, num jogo em que Bernardo Silva não saiu do banco.

Os ‘citizens’ reforçaram a liderança do grupo C, com nove pontos, enquanto Dínamo e Shakhtar têm quatro pontos e a Atalanta ainda não pontuou.

O Tottenham, finalista da edição anterior, ‘curou’ a goleada sofrida com o Bayern de Munique (7-2), na jornada anterior, com uma ‘mão cheia’ aplicada em Londres ao Estrela Vermelha, com o trio de ataque em destaque.

Kane e o sul-coreano Son bisaram na partida, enquanto o argentino Erik Lamela somou um golo a duas assistências, num jogo de sentido único. No outro jogo do grupo, o Olympiacos de Pedro Martins ainda ‘assustou’ o Bayern de Munique.

Com José Sá, Rúben Semedo e Daniel Podence titulares, El Arabi fez, de cabeça, o primeiro golo do jogo, aos 23, mas o polaco Lewandowski empatou aos 34, antes de ‘bisar’ aos 62.

Tolisso fez o 3-1, aos 75, mas o brasileiro Guilherme ainda reduziu, aos 79, o que foi insuficiente para evitar a derrota (2-3). Os alemães continuam em pleno na ‘poule’ B, com nove pontos. O Tottenham tem quatro, o Estrela Vermelha três e o Olympiacos um.

No grupo A, o Paris Saint-Germain foi à Bélgica golear o Club Brugge por 5-0, com um ‘hat-trick’ de Mbappé e dois golos do argentino Icardi, numa partida em que o ex-Benfica fez três assistências.

Na Turquia, o Real Madrid valeu-se de um golo do alemão Toni Kroos, a passe do belga Hazard, e de uma exibição ‘de gala’ do também belga Courtois na baliza, vencendo pela margem mínima o Galatasaray.

Os franceses têm o pleno de nove pontos, antes de o grupo ‘virar’, seguido dos ‘merengues’, com quatro, do Club Brugge, com dois, e do ‘Gala’, com um.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.