A jogar com 10 desde os 40 minutos, devido à expulsão do argentino Angel Di Maria, e sem o treinador Massimiliano Allegri no banco, devido a castigo, a Juve foi derrotada com um golo aos 74 minutos, apontado por Christian Gythjaer, que entrou em campo 20 minutos antes para o lugar do português Dany Mota.

Com vários jogadores lesionados, a equipa de Turim somou a primeira derrota na liga italiana, enquanto o Monza conseguiu o primeiro triunfo de sempre na competição, mas tinha fechado com empates as duas jornadas anteriores, ocupando agora a oitava posição da tabela, com 10 pontos em sete jornadas.

Para a Liga dos Campeões, competição na qual ainda não pontuou, a Juventus soma duas derrotas no grupo G, ambas por 2-1, frente a Benfica e Paris Saint-Germain.

Na visita ao Cremonese, ainda sem vitórias, a Lazio venceu por 4-0, com um ‘bis’ de Ciro Immobile, que marcou aos sete e aos 21 minutos, de grande penalidade, e golos de Milinkovic-Savic (45+1) e Pedro (79).

A formação da capital italiana ascendeu provisoriamente ao quinto lugar, mas pode ainda hoje ser ultrapassada pela rival Roma, que defronta a Atalanta.

A Fiorentina, que não vencia desde a primeira jornada, impôs-se por 2-0 na receção ao Verona, com golos de Jonathan Ikone (13) e de Nicolas González (90).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.