Depois do nulo 0-0 em Sevilha, que na altura permitiu aos ‘merengues’ igualar os catalães no comando do campeonato, a equipa de Quique Setién voltou a fraquejar fora, agora na Galiza, frente a um Celta que vinha de dois triunfos consecutivos e está em fuga às posições de descida.

Nelson Semedo foi titular e, aos 20 minutos, já depois de Piqué ter cabeceado ao poste, viu Messi colocar um livre na cabeça de Luíz Suárez, que marcou um golo que veio dar justiça ao domínio da equipa, que pouco depois apanhou um susto, quando Brais Méndez atirou ao 'ferro', no que poderia ter sido o empate.

Aos 50, Fedor Smolov, em contra-ataque de dois contra um, igualou, confirmando a subida de rendimento da equipa, que passou a discutir os três pontos.

Aos 67, e com o jogo muito repartido, Messi recuperou uma bola e assistiu novamente Suárez, que rodou e atirou de primeira, devolvendo o Barcelona ao comando do encontro.

Aos 88, Iago Aspas, de livre direto, colocou a bola por fora da barreira e empatou, com Nolito (90+5) a desperdiçar, de forma incrível, o triunfo para os galegos e permitir a defesa de Ter Stegen.

O FC Barcelona soma agora 69 pontos, somente mais um do que o Real Madrid, que no domingo visita o lanterna-vermelha Espanyol.

O Celta de Vigo tem agora uma folga de oito pontos para os lugares de despromoção.

No outro jogo disputado hoje, o Athletic Bilbau venceu o Maiorca por 3-1, mantendo-se em zona tranquila, enquanto os insulares estão em zona de descida, com o 18.º e antepenúltimo lugar, provisoriamente a seis pontos da z«ona de salvação, distância que o Eibar ainda pode ampliar no domingo.

Ainda hoje, o Osasuna recebe o Leganés e o Atlético de Madrid o Alavés.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.