Miguel Blanco assegurou o apuramento para a próxima fase deste evento de 6.000 pontos do circuito de qualificação (QS), ainda na quinta-feira, ao conquistar o segundo lugar da terceira bateria da terceira ronda com um total de 13,67 pontos nas suas duas melhores ondas (7,17 + 6,50).

O atual campeão português ficou atrás de Jadson André (15,34) e à frente de Jesse Mendes (12,93) e de Madson Costa (10,80). Destes três atletas brasileiros, os dois primeiros vão correr o circuito mundial (CT) em 2019.

A ronda três do evento foi completada hoje e não trouxe boas notícias para as cores nacionais, já que Frederico Morais e Vasco Ribeiro não conseguiram apurar-se nos seus ‘heats’.

O ‘Kikas’ ficou no quarto lugar na sétima bateria (10,67), atrás do brasileiro Yago Dora (16,90), do britânico Luke Dillon (12,50) e do também brasileiro Alejo Muniz (11,70) e termina na 37.ª posição nesta prova que marca a sua estreia na nova temporada.

Igual destino teve Vasco Ribeiro, que ficou no terceiro posto do 11.º ‘heat’, com 12,53 pontos, atrás do peruano Miguel Tudela (13,03) e do francês Charly Martin (12,67), com o norte-americano Michael Dunphy (9,70) a ficar no último lugar da bateria.

Luís Perloiro, o outro português que competiu na Praia Cacimbe do Padre, no paradisíaco arquipélago brasileiro, já tinha caído na segunda ronda do campeonato.

Agora, Blanco vai entrar na primeira bateria da ronda 4 contando com o campeão do mundo, o brasileiro Gabriel Medina, e o australiano Reef Heazlewood como adversários.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.