O piloto natural de Almada concluiu as 20 voltas efetuadas com a pista molhada na frente do pelotão, deixando o segundo classificado, o francês Fábio Quartararo (Yamaha), campeão do mundo, a 2,205 segundos, e o terceiro, o francês Johann Zarco (Ducati) a 3,158.

Miguel Oliveira somou o quarto triunfo na categoria ‘rainha’ do motociclismo de velocidade, depois das vitórias na Estíria e em Portugal, em 2020, e na Catalunha, em 2021, e os primeiros 25 pontos da temporada, que o deixam na quarta posição do campeonato, com 25 pontos, a cinco do líder, o italiano Enea Bastianini (Ducati).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.