A marca, estabelecida quase 15 anos antes de Sondre Moen nascer, é o segundo mais antigo recorde do atletismo europeu.

“Estive muito perto do recorde europeu dos 25 quilómetros, no mês passado, em Oslo, mas faltaram-me 241 metros, quando cheguei aos 60 minutos. Estou muito motivado”, afirmou Moen.

O atleta explicou que vai falar com o seu treinador, Renato Canova, para ajustar a tática e garantiu que terá ‘lebres’ nos primeiros 10,12 quilómetros.

O recorde do mundo é de 21,285 quilómetros e está na posse do etíope Haile Gebrselassie desde 27 de junho de 2007, quando o bicampeão olímpico dos 10.000 metros percorreu esta distância em Ostrava, na República Checa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.