A notícia de que tinha sido descoberto um corpo no avião ocorreu no início da semana, mas esta quarta-feira à noite a BBC e a Sky News, citando um comunicado da Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB, na sigla em inglês) avançaram que este havia sido retirado em "condições desafiantes".

De acordo com os especialistas presentes, o corpo foi removido com a "maior dignidade possível" e os familiares de Sala e do piloto foram recebendo informações durante a duração da operação. A sua identidade, no entanto, não foi ainda revelada.

Os destroços do avião foram encontrados no domingo, dia 3 de fevereiro, a noroeste da ilha de Guernsey, a 63 metros de profundidade.

O avião, um monomotor Piper PA-46-310P Malibu, desapareceu dos radares em 21 de janeiro pelas 20:00, quando o jogador e um piloto seguiam viagem de Nantes para Cardiff.

Sala, de 28 anos, tinha sido recrutado ao Nantes pelo Cardiff por cerca de 17 milhões de euros e ele mesmo se encarregou de marcar o voo, recusando a oferta de transporte oferecida pelo clube galês.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.