“Os verdadeiros campeões permanecem campeões para sempre. Estou muito orgulhoso de ler estas palavras de um grande ídolo como tu. Obrigado, Ali Daei”, escreveu o internacional português, que joga nos italianos da Juventus, em resposta à mensagem do iraniano.

Cristiano Ronaldo igualou na quarta-feira o recorde de mundial de golos por seleções, ao ‘bisar’ frente à França, somando os mesmos 109 do antigo avançado Ali Daei, na terceira jornada do Grupo F do Euro2020, em Budapeste.

Após os dois tentos à Hungria (3-0), a abrir, e o golo à Alemanha (2-4), na segunda jornada, o ‘capitão’ luso, de 36 anos, voltou a ‘bisar’ na Puskás Arena, em Budapeste, com tentos aos 31 e 60 minutos, ambos de penálti, na sua 178.ª internacionalização ‘AA’.

No final do jogo, Ali Daei também recorreu às redes sociais para assinalar o feito de Cristiano Ronaldo, considerando que o capitão da seleção portuguesa é um símbolo do “trabalho duro e profissionalismo”.

“Parabéns Cristiano, conseguiste o que mereces”, escreveu o antigo avançado, agora com 52 anos, acrescentado que Ronaldo nasceu para “mostrar ao mundo” que é o melhor.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.