Conforme explicou fonte oficial da NAV Portugal, que controla o tráfego aéreo nos principais aeroportos do país, uma greve de controladores aéreos provoca atrasos pelo mundo fora, não sendo exceção os voos de e para o território nacional.

No entanto, o impacto vai depender do nível de adesão dos trabalhadores, explicou a NAV.

A paralisação foi convocada pela União Nacional dos Sindicatos Autónomos (UNSA/ICNA), para os dias 25 e 26, e a Direção Geral de Aviação Civil francesa (DGAC) prevê “atrasos significativos” em algumas companhias aéreas que utilizam o espaço aéreo abrangido pelo centro de controlo de rota de Aix en Provence, que é o afetado pela greve.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.