Os Investimentos Diretos no País, antes chamados de investimentos estrangeiros diretos, foram revistos para cima, e passaram de 62,49 mil milhões de dólares (58,29 mil milhões de euros) para 96,85 mil milhões de dólares (90,33 mil milhões de euros).

O défice acumulado no primeiro trimestre deste ano foi de 25,39 mil milhões de dólares (23,68 mil milhões de euros) e o de março alcançou os 5,7 mil milhões de dólares (5,31 mil milhões de euros), ultrapassando negativamente a projeção do Banco Central brasileiro, que era de um défice de 5,5 mil milhões de dólares.

A mudança na metodologia do cálculo das contas externas incluiu o capital enviado para o país por empresas brasileiras no exterior, como a Petrobras, na categoria Investimento Direto no País, que engloba também os investimentos estrangeiros.

A Lei Orçamentária, que estima as despesas do país para 2015, foi publicada hoje no Diário Oficial da União, e a previsão da receita com impostos e segurança social é de 2,8 biliões de reais (869 mil milhões de euros).

O governo tem 30 dias para definir os cortes e bloqueios de verba. Estima-se que o corte no setor público necessário para que se consiga cumprir a meta de excedente primário deverá ser de 1,2% do Produto Interno Bruto do país, ou de 66,3 mil milhões de reais (20,57 mil milhões de euros), segundo a Agência Brasil.

FYB // EL

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.