A número dois do Governo, Carrie Lam, anunciou que a primeira votação popular para eleger o chefe do Executivo em 2017 decorrerá "em estrita concordância" com a decisão da Assembleia Popular Nacional, no passado mês de agosto.

Essa decisão definiu que os candidatos a líder do Governo devem ser aprovados por uma comissão, vista como próxima de Pequim, o que provocou mais de dois meses de protestos nas ruas da cidade, no final do ano passado.

ISG// FV.

Lusa/fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.