"Fico tão satisfeita por ver que o Governo, realisticamente, de forma ambiciosa, mas com os pés assentes na terra, traçou um plano e está efetivamente a cumpri-lo com melhores condições de financiamento", disse Assunção Cristas.

A ministra, que acompanhou o chefe do Governo, Pedro Passos Coelho, na inauguração de um novo perímetro de rega do Alqueva, no concelho de Beja, frisou que a conclusão do projeto está a ser feita "sem aumento de endividamento" da Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA).

Quando o Governo assumiu funções, a EDIA "tinha uma dívida para cima de 600 milhões de euros", lembrou Assunção Cristas, referindo que foi "totalmente cumprida" pela empresa a orientação dada na altura de "não se contrair nenhum endividamento novo para se fazer mais obra" e estão a "aproveitar-se da forma mais eficaz" os fundos comunitários à disposição.

LL // MLM

Lusa/Fim

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.