O avançado espanhol Álvaro Morata abriu o ativo no Juventus Stadium, aos quatro minutos, após ser lançado pelo argentino Paulo Dybala, mas, na segunda parte, o canto cobrado por Sandro Tonali foi 'direitinho' à cabeça do croata Ante Rebic, aos 76.

Após três triunfos consecutivos, os milanses, adversários do FC Porto na Liga dos Campeões, e que hoje tiveram o luso Rafael Leão de início, seguem em segundo lugar, com os mesmos pontos do rival Inter, mas podem ambos ser ultrapassados pelo Nápoles, terceiro, com nove, caso vença na segunda-feira em Udine.

Já a Juventus, continua sem triunfar na Serie A, registando dois empates e outras tantas derrotas, no 18.º posto, com apenas dois pontos.

A Roma, treinada pelo português José Mourinho, sofreu hoje a primeira derrota na temporada, ao perder por 3-2 no reduto do Verona.

Chegou, assim, ao fim a série de seis triunfos consecutivos na época 2021/22 em jogos oficiais para todas as competições, e logo contra um conjunto que ainda não tinha somado pontos na Serie A.

Com o internacional luso Rui Patrício na baliza, os romanos até se adiantaram no marcador, aos 36 minutos, por intermédio de Lorenzo Pellegrini, uma vantagem que manteve até aos 49, altura em que Antonin Barak empatou, com Gianluca Caprari a operar a reviravolta, aos 54, no Estádio Marc' Antonio Bentegodi.

O técnico português viu a equipa responder logo de seguida, ainda que a igualdade tenha surgido através do autogolo de Ivan Ilic (58), antes de Faraoni (63) 'puxar dos galões' e marcar o golo do jogo, num belo remate de meia distância, sem hipóteses para Patrício.

Os 'giallorossi' seguem no quarto posto, com nove pontos, enquanto o Verona, que não contou com o português Miguel Veloso, somou o primeiro triunfo e segue no 14.º lugar.

Um desfecho diferente teve o jogo da rival e sétima posicionada Lazio, que empatou a dois golos na receção ao Cagliari.

O avançado Ciro Immobile abriu a contagem cima do minuto 45, mas João Pedro (46) e Baldé (62) operaram a reviravolta para a equipa da Sardenha no Olímpico de Roma, antes de Cataldi (83) fixar o resultado final.

Um golo de Bourabi, aos 90+3 minutos, deu ao Spezia (13.º, com quatro) o primeiro triunfo (2-1) na Serie A, no reduto do recém-promovido Venezia (16.º, com três), depois de Bastoni (13) ter adiantado os visitantes e Pietro Ceccaroni (59) ter marcado para os anfitriões.

Um 'bis' de Francesco Caputo (31 e 52) e um outro remate certeiro de Antonio Candreva (79) resolveu o primeiro desafio do dia, entre Empoli (17.º, com três) e Sampdoria (11.º, com cinco), outra equipa que conheceu o sabor da vitória pela primeira vez na edição 2021/22.

AJC // PFO

Lusa/Fim

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.